• Informação sobre os apoios disponíveis para a criação do próprio emprego/pequeno negócio;
  • Avaliação da elegibilidade do promotor e da sua ideia;
  • Elaboração do Plano de Negócios;
  • Mediação entre o promotor e a entidade financiadora (pública e/ou privada) na obtenção de apoios públicos e/ou financiamento bancário;
  • Acompanhamento do negócio recém-criado ou existente, através de serviços de contabilidade, consultoria ou formação em aspetos de maior fragilidade na gestão ou na operacionalização da ideia ou projeto.

Programa de Apoio ao Empreendedorismo e à Criação do Próprio Emprego

Em que consiste?

Programa de apoio à criação de empresas e criação do próprio emprego que contempla as seguintes medidas:

  • Apoios à criação de empresas – medida de apoio à criação de empresas de pequena dimensão, com fins lucrativos, independentemente da respetiva forma jurídica, incluindo entidades que revistam a forma de cooperativa, que contribuam para a dinamização das economias locais;
  • Programa Nacional de Microcrédito, no âmbito do Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Economia Social (PADES) – medida concretizada pela Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CASES);
  • Apoio à criação do próprio emprego por beneficiários de prestações de desemprego – medida de apoio a projetos de emprego promovidos por desempregados subsidiados, desde que os mesmos assegurem o emprego, a tempo inteiro, dos promotores.

Objetivos:

  • Promover o empreendedorismo, a criação de emprego e o crescimento económico;
  • Apoiar a criação de novas empresas e do próprio emprego por parte de desempregados;
  • Fomentar a criação de emprego e o empreendedorismo entre as populações com maiores dificuldades de acesso ao mercado de trabalho.

Apoios

A) Apoios à Criação do Próprio Emprego por Beneficiários de Prestações de Desemprego –  Crédito com garantia e bonificação da taxa de juro (INVEST+ e MICROINVEST);

B) Apoios à Criação do Próprio Emprego por Beneficiários de Prestações de Desemprego –

  • Pagamento, por uma só vez, total ou parcialmente, do montante global das prestações de desemprego;
  • Possibilidade de cumulação com crédito com garantia e bonificação da taxa de juro.

C) Programa Nacional Microcrédito – Crédito com garantia e bonificação da taxa de juro
(MICROINVEST)”

Fonte: www.iefp.pt www.iefp.pt

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *